Curso Comunicação Verbal e Escrita para Empresas | EAD ao vivo

 OBJETIVOS

Qualificar, em curto espaço de tempo, profissionais que necessitem se comunicar por escrito e oralmente, ensinando-os a racionalizar seus textos, a expressar melhor suas ideias e a identificar e corrigir erros gramaticais e ortográficos.

Capacitar para a redação segura e para o domínio dos principais recursos da língua.

Atualizar a respeito das novas alterações promovidas pelo acordo ortográfico.

Apontar os fatores que geram as dificuldades para redigir, introduzindo e praticando conceitos básicos que norteiam a elaboração de textos.

ESTRATÉGIA

Com a revisão gramatical, ministrada de forma atraente e dinâmica, os treinandos esclarecerão as dúvidas dos principais tópicos gramaticais e elaborarão textos claros, corretos e eficazes.

Os textos de apoio utilizados no curso passam por diversos gêneros e especificidades. O professor, com o estímulo de textos próprios, jornalísticos e literários e com audição e leitura de letras de canções trabalhará os vários estilos e as diversas possibilidades de comunicação verbal e escrita.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

– O Novo Acordo Ortográfico

  • Regras de acentuação gráfica (antiga e atual).
  • Emprego do hífen.
  • Análise de textos.
  • Discussão sobre casos específicos.

– Revisão e atualização gramatical (ênfase no Novo Acordo Ortográfico)

  • Acentuação gráfica e crase.
  • Pontuação.
  • Concordância nominal e verbal.
  • Análise dos problemas da língua, emprego de pronomes e plural das palavras
  • Sintaxe de regência: verbos, substantivos e adjetivos com as regências mais usadas.
  • Voz passiva, particípio duplo e emprego do infinitivo.
  • Verbos haver e fazer.
  • Possibilidade de uso do verbo em situações comunicativas.
  • Grafia corretas de palavras.
  • Há e A.
    • Gerundismo: aplicação correta e correção.
    • Pronomes: este, esse e aquele.
    • Eu e Mim.
    • Clareza e concisão.
    • Coesão e coerência.
    • Organização do texto.
    • Relação de palavras, expressões e clichês inadequados: como eliminá-los elegantemente.
    • Análise das produções textuais do grupo de alunos.

    – Comunicação corporativa:

     

    • O estilo na redação corporativa e jurídica

     

    • Clareza e ambiguidade.
    • Coesão e coerência.
    • Estudo do jargão no texto corporativo e jurídico.
    • Redundâncias que devem ser evitadas.
    • Problemas de paralelismo.
    • Ambiguidades desnecessárias.
    • Agilidade e eficácia no texto.

     

     

    – Comunicação oral

    Análises de situações comunicativas em que o vocabulário, a escolha de palavras e a estrutura da frase podem promover eficácia ou criar problemas na interlocução.

    • Clichês linguísticos.
    • Palavras quentes e frias.
    • Expressões que revelam preconceitos.
    • Expressões vagas e abrangentes.
    • Expressões específicas ou jargões que precisam de “tradução”
DATAS E HORÁRIOS

DIAS: 5, 12, 19, 26 de março e 2 de abril de 2022.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 16 horas

DURAÇÃO: 5 encontros virtuais de 3:15 horas cada. Sempre aos sábados

Horário: 9:00 às 12:15

Plataforma de transmissão: Zoom.

Metodologia:

Aulas a distância, transmitidas ao vivo. Os alunos podem interagir pelo chat online com o facilitador e demais alunos. Após a transmissão, o conteúdo fica gravado e disponível para visualização, ilimitada, por até 30 dias após o término do curso.

  • Aulas interativas ministradas em ambiente virtual, pela plataforma Zoom.
  • Resolução de exercícios e dúvidas em tempo real.
  • Disponibilização do correio eletrônico do professor, durante o curso, para resolução de dúvidas e com extensão gratuita de um mês para sanar dúvidas relativas ao curso e à prática diária.
  • Exercícios de fixação de conteúdo.
FACILITADOR

 

 

 

 

 

Prof. João Jonas Veiga Sobral

Professor de língua portuguesa e orientador educacional no colégio Palmares, em São Paulo. Possui 31 anos de experiência como professor de cursos regular, superior e de pós-graduação em instituições como Miguel de Cervantes, Colégio Dante Alighieri, Colégio Madre Alix, Móbili.

Palestrante e facilitador em eventos para diversas empresas (CIEE, Hcor, Phillips entre outros) e Congressos de Educação (Educar e Saber).

Ex-consultor de Língua portuguesa no Itaú Cultural.

Idealizador e realizador das Oficinas de Língua, projeto Língua Cantada, realizado para a Secretaria da Cultura, em bibliotecas públicas. https://www.youtube.com/watch?v=0nWQNiGHWoo

Autor dos livros:

– Redação empresarial, Redação para todos, Guia prático de conjugação e concordância, Nossa língua falando e escrevendo corretamente e Português Prático (Todos pela Editora Iglu).

– Volume 8 da Enciclopédia do estudante de O Estado de S. Paulo.

– Gramática e revisão gramatical (Editora Moderna).

– Gramática expresso 2.0 (Sistema Uno de Educação).

– Guia do Estudante Língua Portuguesa (Editora Abril).

– Colunista da revista Língua Portuguesa.

INSCRIÇÕES

Pré-venda com 50% de desconto até 30/01/22 –  Até 6 parcelas, sem juros, de R$ 44,16 no cartão de crédito.

Ou à vista com 60% de desconto via pix. Valor: R$ 212,00. Link para pix: https://nubank.com.br/cobranca/efMVjTZMDc1kbune

Faça sua inscrição até 20/01/22 e receba 2 livros Harvard Business Review. Serão indicados capítulos dos livros para leitura como atividades entre encontros e pós work.

 

Para pagamento via boleto e pacotes para empresas, entre em contato pelos canais abaixo:

barbarakaster@casaeducacao.com.br ou WhatsApp 11 97386-9519.

 

*** INCLUI CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO***

admincasa 14 de janeiro de 2022
Comments are off

Programa Advanced em Management 3.0 | EAD ao vivo

 SOBRE O PROGRAMA

O Management 1.0 construiu nosso mundo nos últimos 100 anos, mas tornou-se obsoleto com sua estrutura em pirâmide onde apenas um toma decisões e a base executa.

Seu sucessor, o modelo de Management 2.0, não resolveu os problemas centrais pois manteve a inadequada estrutura centralizada e hierarquizada.

O Management 3.0 é a resposta para nosso tempo, aplicável à organizações complexas. E vem ganhando cada vez mais espaço por se tratar de uma forma de pensar novos formatos da organização e do ambiente de trabalho. O Management 3.0, criado pelo holandês Jurgen Appelo, é o sistema do futuro por ir muito além da gestão convencional, revolucionando a atuação de gestores e líderes dentro das empresas. É um movimento de inovação e liderança direcionado aos gestores que propaga a atuação com responsabilidade de grupo. Prega o trabalho coletivo como forma de alcançar formas eficientes para que o negócio atinja seus objetivos.

E ao mesmo tempo, mantém como prioridade a felicidade da equipe, e para isso, envolve diversas iniciativas relacionadas à motivação. Esse revolucionário modelo mental traz um novo ponto de vista para os processos da gestão praticados diariamente pelos gestores e líderes das empresas.

 OBJETIVOS

Objetivo Geral
Durante o programa serão realizados exercícios práticos com objetivo de entender melhor porquê as pessoas fazem aquilo que elas fazem e como é possível abraçar a mudança e encorajar a equipe.

Objetivos específicos
• Apresentar o conjunto de ferramentas de que é composto Management 3.0;
• Compreender 6 visões propostas pelo mindset: Energizar Pessoas, Empoderar
Times, Alinhar Restrições, Desenvolver Competências, Crescer a Estrutura,
Melhorar Tudo;
• Aplicar o uso das ferramentas em grupo e trocar experiências entre os
participantes.

 RESULTADOS ESPERADOS

No final deste programa os participantes estarão aptos para colocar em prática as ferramentas exercitadas e terão plena condição de incorporá-las em seus processos de liderança por meio da automotivação.

 MÓDULOS

• Introdução:
Apresentação do programa e das motivações para o movimento Gestão 3.0. Aplicação da ferramenta Mapa Pessoal como forma de apresentação dos participantes de maneira empática e humanizada.

• Gestão e Liderança:
Visão geral da evolução dos estilos de liderança de Gestão 1.0 a 3.0, contextualização do MindSet e seus princípios. Análise dos princípios desafios da liderança nos dias atuais.

• Pensamento Complexo:
Diferenciação entre pensamento complexo e complicado e sua aplicação ao contexto da transformação organizacional. Vivência das diferenças a partir de uma dinâmica em grupo com Lego.

• Motivação e Engajamento:
Reflexão sobre como motivar a equipe de trabalho e o que a motiva. Aplicação do jogo dos motivadores como forma de identificação do que motiva cada colaborador.

• Delegação e Empoderamento:
Como conseguir que a equipe se auto-organize e assuma a responsabilidade. Aplicação do jogos dos motivadores.

• Valores e Cultura:
Análise dos valores que norteiam a cultura da organização e o impacto de cada colaborador neste contexto. Dinâmica para identificação de valores da equipe.

• Aprendizado e Competências:
Apresentação de práticas para desenvolvimento de competências e aprendizado. Desenvolvimento do mapa de competências da equipe e identificação de plano de desenvolvimento.

• Melhorando Feedback (New):
Como dar e receber feedback de maneira empática, aplicando técnicas de comunicação não violenta. Dinâmica feedfoward.

• Escalando Estrutura Organizacional:
Diferentes estruturas organizacionais e possibilidades de crescimento orgânico.

• Sucesso e Falha:
Formas de identificar e práticas que levam ou sucesso/falha e incentivo da melhoria contínua.

• Conclusão:
Retrospectiva do aprendizado e plano de ação para aplicação dos conceitos na prática.

DATAS E HORÁRIOS

DIAS: 29 de janeiro, 5 E 12 de fevereiro de 2022.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 horas

DURAÇÃO: 3 encontros virtuais de 4 horas/cada.

Horário: 9:00 às 13:00

Plataforma de transmissão: Zoom.

Metodologia:

Aulas a distância, transmitidas ao vivo. Os alunos podem interagir pelo chat online com o facilitador e demais alunos. Após a transmissão, o conteúdo fica gravado e disponível para visualização, ilimitada, por até 30 dias após o término do curso.

FACILITADOR

 

 

 

 

 

Carlos Piazza

É Darwinista Digital, Nexialista, Futurista Practioner Millenium Project, fundador da CPC uma empresa focada em negócios digitais, disrupção, aceleração digital e seus impactos na sociedade, 4IR, 5IR, Sociedade 5.0, gestão da inovação, tecnologias disruptivas e suas contribuições, Life 3.0. Polímata, Professor de Pós-Graduação, de MBAs, Palestrante Key Note nacional e internacional, agilista, autor, conteudista, escritor, mentor de Hackathons, Hackathinking e Hackamilk, TED Talker. Embaixador do Teach the Future no Brasil em parceria com a Universidade de Huston, Membro do Comitê de Inovação do IBGC, Conselheiro do ONDV Aceleradora de Conhecimento do O Negócio do Varejo, Conselheiro de Administração para a inovação e disrupção.

 

*** INCLUI CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO***

Curso Inclusão da Diversidade nas Organizações – Como fazer | EAD ao vivo

SOBRE O CURSO

As empresas aos poucos, mas com muitos solavancos, procuram se conectar com a sociedade incorporando a inclusão da diversidade como tema urgente. Ao fazer este curso você estará capacitado para entender e debater as questões culturais que envolvem preconceitos, exclusão, marginalização de grupos. O mundo caminha para que a diversidade venha a ser um elemento da cultura humana. É tão relevante que as grandes organizações já criaram vice presidência de diversidade.

OBJETIVOS

  • Compreender as razões, implicações e movimentos futuros da intersecção entre negócios, ambiente empresarial, causas e diversidade.
  • Capacidade para aplicar os procedimentos para promover a inclusão da diversidade na organização, na comunicação e nos produtos.
  • Condições para montar um plano de inclusão da diversidade na empresa, no marketing e nos produtos ou serviços da marca.

TÓPICOS ABORDADOS NO CURSO

  • Por que estamos falando em diversidade na sociedade e nas empresas?
  • O significado e sua importância da diversidade.
  • Como o movimento de inclusão da diversidade está no mundo e no Brasil.
  • Conhecer e entender dos principais grupos da diversidade: LGBTQ, pessoas com deficiência, mulheres, negros, migrantes e imigrantes, refugiados, 3a idade/idosos.
  • Benefícios da inclusão da diversidade na empresa: casos.
  • Como adequar a comunicação e as ações de marketing à diversidade.
  • Como adequar os produtos e serviços para a diversidade.
  • Importância do comitê de diversidade dentro das empresas: como montar? Desafios e barreiras.
  • Como engajar todos os funcionários, desde o alto escalão até a base da organização na inclusão da diversidade.
  • Comportamentos e atitudes que devem ser rejeitados na empresa em defesa da diversidade.
  • Como elaborar e implantar na prática um plano de inclusão da diversidade na empresa.
  • Por onde começar: passo a passo da implementação de um programa de promoção de diversidade.
  • Como administrar os desafios, dificuldades e barreiras na implantação de um programa de inclusão.

DOCENTE


PROF. DR. FÁBIO MARIANO BORGES

Especialista em tendências, há 30 anos coordena projetos de tendências, inclusão da diversidade e consumer insights. Sociólogo pela USP, publicitário pela ESPM. Doutor e Mestre em Sociologia do Consumo pela PUC/SP.
Top Voice Linkedin 2020.
Professor convidado da Nottingham University na Inglaterra.
Sócio-diretor da inSearch, empresa de pesquisa especializada em estudo de tendências e consumer insights, onde atende clientes como Facebook, Twitter, Carrefour, Walmart, Pioneer, Honda, LandRover, entre outros.
Vencedor por 11 vezes do Prêmio Mídia Estadão.
Tem 8 projetos de pesquisa reconhecidos pela ESOMAR.
Já atuou em empresas como Sebrae-SP, Datafolha, Marítima Seguros, Lorenzetti, Editora Abril, agências de propaganda Talent, DM9 e Publicis.
Professor no Mestrado Profissional em Comportamento do Consumidor da ESPM e dos MBAs da USP.

DATAS E HORÁRIOS

Consulte novas datas

MODALIDADE

EAD com aulas ao vivo, onde você tira suas dúvidas em tempo real com o docente e interage com os demais participantes.

As aulas ficam gravadas para que o aluno possa assisti-las novamente no horário que desejar num período de 30 dias.

***Inclui certificado de participação.***

admincasa 15 de janeiro de 2021
Comments are off

Promoção Novembro + Conteúdo

Aproveite a oportunidade que a Casa Educação criou para você aprimorar seus conhecimentos.

Como funciona:

Basta você clicar no tema desejado e realizar a sua compra. A promoção é válida para matrículas entre os dias 23 e 30 de novembro de 2021.

Veja abaixo os cursos disponíveis e o regulamento da campanha.

Cursos para o mercado editorial disponíveis para matrícula com 50% de desconto:

Curso Como Criar uma Editora Independente | EAD – clique aqui 
Curso Preparação e Revisão de Textos | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Como Distribuir e Vender seu Livro | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Como Editar Materiais Didáticos | EAD – clique aqui 

Curso Edição de Livros Infantis e Juvenis: teoria e prática | EAD – clique aqui

Curso Gestão de Livrarias – Formação para Livreiros | EAD – clique aqui

Aquisição de Originais e Planejamento Editorial | EAD – clique aqui

Curso Projeto e Produção Editorial | EAD – clique aqui

Curso – Desvendando o PNLD | EAD – clique aqui

Curso Estratégias de Venda para o Mercado Editorial | EAD – clique aqui

Curso Self-Publishing | EAD – clique aqui

Curso Gestão Financeira para Editores – Conceitos básicos de finanças para não financeiros | EAD – clique aqui

Curso A BNCC Aplicada aos Livros Didáticos e Sistemas de Ensino | EAD – clique aqui
Processos Avaliativos em Ambientes Presenciais e Virtuais | EAD – clique aqui

Curso Impactos da Covid-19 na Educação e na Produção de Materiais Didáticos | EAD – clique aqui

Relação de cursos para professores e gestores de educação com 50% de desconto:
Cursos com 30% de desconto:
Curso Metodologias Ativas: Novas Estratégias de Aprendizagem | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Ensino Híbrido: Novas Possibilidades de Espaços de Aprendizagem | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Elaboração de Jogos para o Trabalho com Competências Socioemocionais | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Entendendo a Taxonomia de Bloom e a BNCC | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Como Estruturar um Planejamento Reverso | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Aplicando a BNCC na Educação Infantil | EAD ao vivo – clique aqui
Curso Metodologia de Projetos: Aprendizagens Significativas para Escolas Inovadoras | EAD ao vivo – clique aqui

Regulamento: Você pode se matricular em quantas cursos desejar, não há limite de cursos por aluno. Campanha válida apenas para matrículas realizadas entre 25 e 30 de novembro de 2020.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco: contato@casaeducacao.com.br ou whatsapp 11 97064-7001

 

Programa Assertividade e Feedback | EAD ao vivo

 SOBRE O PROGRAMA 

Você é um líder em formação que se prepara continuamente para assumir posições mais elevadas no contexto organizacional, assumir e comandar equipes. Você precisa desenvolver suas habilidades interpessoais e especialmente a assertividade, pois cada degrau exigirá mais de sua capacidade: lidar com ambientes sob pressão, ter que se dirigir a equipe e obter adesão e comprometimento das pessoas.

Com o Programa Competências da liderança – Assertividade e feedback, você aprende a importância da blindagem assertiva pessoal nas interações nos diversos níveis e ambientes profissionais. Nas relações interpessoais com membros da equipe e colegas de outros setores.

Nesse programa você vai se capacitar a construir relações mais funcionais e estáveis tanto com os colegas de sala, gestores, pares e liderados, como com os clientes e demais interações.

Você vai perceber a relevância do domínio pessoal e da autogestão no processo de desenvolvimento assertivo. E verá também:

  • As sutilezas da Percepção / Compreensão
  • O poder da Escuta Ativa
  • A Assertividade / Blindagem e técnicas
  • O Feedback que funciona

Programa Competências da liderança – Assertividade e feedback, foi desenvolvido a partir de artigos publicados na revista Harvard Business Review Brasil, e é um encontro de dois dias, que aborda temas de alto impacto profissional com um formato inovador.

Trata-se de um workshop que vai guiar você pelos caminhos possíveis e sustentáveis na fundamentação dos conceitos de liderança e superação dos resultados esperados – rumo ao sucesso.

Programa desenvolvido com metodologia apoiada em artigos da Harvard Business Review Brasil.

 PÚBLICO ALVO 

Supervisores, coordenadores e gerentes que desejem melhorar sua comunicação com a equipe.

  DATAS E HORÁRIOS

Data: consulte novas turmas

admincasa 27 de outubro de 2021
Comments are off

Programa Comunicação Não-Violenta | EAD ao vivo

 SOBRE O CURSO

O mundo está mudando rapidamente, e mudanças geram conflitos. Hierarquias cedem espaço às redes. Para inovar e serem criativas, as organizações precisam estar mais abertas, e com isso atrair diversos talentos. Essa diversidade de talentos, funções, culturas deixa os conflitos mais aparentes. Como administrá-los é a chave para o sucesso empresarial. O conflito bem administrado traz prosperidade.
As melhores decisões não resultam de um consenso superficial, mas sim de pontos de vista diversos e da busca por soluções criativas.

O treinamento objetiva experimentar e validar o uso da comunicação colaborativa por meio do conceito dos CFRs (conversas, feedback e reconhecimento) Há também o trabalho das habilidades comunicacionais, para tanto nos valendo da capacitação nos 4 elementos da CNV (observação, sentimento, necessidade e pedido) e do ensino de estratégias para gestão de conflitos, paras potencializar
habilidades de escuta e empatia.
Daremos ênfase às habilidades tornadas essenciais no século 21: escuta e fala qualificadas. De um contexto de polarização, no qual os grupos se fecham em bolhas autossuficientes , sem permitir espaço para outros posicionamentos, surgem os desafios e, por isso, exige novas formas de se comunicar. Além de contribuir para o pleno desenvolvimento de uma comunicação assertiva, o treinamento evidencia que a qualidade das interações nas equipes é determinante para crescimento e sucesso profissional.

PÚBLICO-ALVO

Líderes, gerentes, analistas, coordenadores/supervisores.. Todas as pessoas que precisam se comunicar com clareza no trabalho e na vida pessoal, quer seja como integrante de uma equipe ou como gestor.

OBJETIVOS
  • Possibilitar a compreensão do impacto das mudanças atuais nas possibilidades de trabalho e probabilidades de sucesso.
  • Desenvolver com mais profundidade o autoconhecimento, para ser mais protagonista na gestão de sua carreira e vida pessoal.
  • Fortalecer competências e habilidades de comunicação e negociação de conflitos.
  • Fornece recursos para que o participante desenvolva uma comunicação mais assertiva, visando a conquista dos seus objetivos de forma mais direta e eficaz.
CONTEÚDO

MÓDULO 1
• O desafio é não eliminar o conflito, mas transformá-lo.
• Como mudar a forma de lidar com nossas diferenças do confronto destrutivo à cooperação
construtiva.
• Conversas: o uso da comunicação colaborativa
• Conflito: fisiologia, vieses inconscientes, como reagimos ao conflito, percepção, e autoconhecimento.
• Componentes da comunicação não violenta (pilares da CNV: autenticidade, empatia, vulnerabilidade, escuta)

MÓDULO 2
• Elementos da CNV (teoria e prática): observação e sentimento
• Como expressar aquilo que me afeta?
• Não julgamento, abertura, colonização do discurso, impacto das emoções no nosso
comportamento
• Como podemos nos aproximar e respeitar, mesmo na diferença?

MÓDULO 3
• Os componentes da CNV (teoria e prática): necessidade e pedido
• Reconhecimento e motivação 3.0, baseado nos conceitos de Marshall, John Maxell e Daniel Pink
• Solicitação versus exigência. As características de uma solicitação clara.
• Como fazer para chegar ao objetivo?
• As ferramentas para o dia a dia: resumo, perguntas, checagem, enfoque prospectivo
• Exercícios de como se comunicar por escrito

 DATAS E HORÁRIOS

DIAS: 21, 23, 28 e 29 de março de 2022.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 horas

DURAÇÃO: 4 encontros virtuais de 3 horas/cada.

Horário: 19:00 às 22:00

Plataforma de transmissão: Zoom.

Metodologia:

Aulas práticas, a distância, transmitidas ao vivo. Os participantes são convidados a interagir por voz e pelo chat online com a facilitadora e demais alunos. Após a transmissão, o conteúdo fica gravado e disponível para visualização, ilimitada, por até 30 dias após o término do curso.

FACILITADORA

 

 

 

 

Elaine Martins

  • Psicóloga – CRP 30.066-0
  • Pós Adm de RH e MBA Desenvolvimento Humano Gestores (FGV)
  • NLP® Advanced Trainer – Richard Bandler USA (Formação completa PNL)
  • Certificação Int. COACH INTEGRADO® – Rhandy Di Stéfano (ICI)
  • Certificação COACH – Lambent®Andrea Lages e Joseph O’Connor
  • Professora Eneagrama – por Ginger Lapid-Bogda – USA
  • Co-fundadora Associação Bras. Eneagrama – Filiada IEA Internacional
  • Professora PósGraduação e MBA HSM  F.S.A.   SUSTENTARE
  • Facilitadora de TKI® & Action Learning®
  • Qualificação em DISC, BIG FIVE, MBTI® mais de 6.850 devolutivas
  • Criadora Metodologia CROSSTYPE® (Registro Biblioteca Nacional)
INSCRIÇÕES

Pré-venda com 10% de desconto até 26/01/22 –  Até 10 Parcelas de R$ 69,00.

Ou à vista com 15% de desconto via pix ou boleto bancário. Valor: R$ 621,00. Link para pix: https://nubank.com.br/cobranca/IiXIsCp7oJ1kbune

Faça sua inscrição até 26/01/22 e receba 2 livros Harvard Business Review. Serão indicados capítulos dos livros para leitura como atividades entre encontros e pós work.

 

 

 

 

 

Para informações sobre pagamento à vista e pacotes para empresas, entre em contato pelos canais abaixo:

barbarakaster@casaeducacao.com.br ou WhatsApp 11 97386-9519.

*** INCLUI CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO***

 

admincasa 6 de janeiro de 2022
Comments are off

Programa Mulheres na Liderança: Estratégias de Sucesso | EAD

 SOBRE O CURSO

O programa aprofunda a compreensão sobre a construção da identidade profissional da mulher no ambiente corporativo, por meio do conhecimento e aprendizagem das seguintes ferramentas da liderança: construção de uma marca de valor, desenvolvimento de uma liderança coach, gestão de conflitos e utilização eficaz da comunicação. Este programa prevê um assessment online com foco no autoconhecimento para identificar as potencialidades e fragilidades da sua liderança.

Programa desenvolvido com metodologia apoiada em artigos da Harvard Business Review Brasil.

PÚBLICO-ALVO

Profissionais que atuam no mercado de trabalho, de forma autônoma ou nas corporações.

OBJETIVOS
  • Possibilitar a compreensão do impacto das mudanças atuais nas possibilidades de trabalho e probabilidades de sucesso.
  • Desenvolver com mais profundidade o autoconhecimento, para ser mais protagonista na gestão de sua carreira.
  • Fortalecer competências e habilidades de comunicação e negociação.
CONTEÚDO

Este programa possibilitará a você:

  • Compreender os vieses de gênero que impedem seu avanço na carreira
  • Desenvolver uma comunicação assertiva
  • Promover e fortalecer sua marca pessoal
  • Obter bons resultados em negociações difíceis
 DATAS E HORÁRIOS

Data: consulte novas datas.

 

Programa Mulheres na Liderança: Estratégias de Sucesso | EAD ao vivo

 SOBRE O CURSO

O programa aprofunda a compreensão sobre a construção da identidade profissional da mulher no ambiente corporativo, por meio do conhecimento e aprendizagem das seguintes ferramentas da liderança: construção de uma marca de valor, desenvolvimento de uma liderança coach, gestão de conflitos e utilização eficaz da comunicação. Este programa prevê um assessment online com foco no autoconhecimento para identificar as potencialidades e fragilidades da sua liderança.

Utilizamos o método de aprendizagem learning 3.0, com o foco em atividades que desenvolvem ou aprimoraram a inteligência coletiva, a colaboração e o uso do aprendizado.

O treinamento é todo baseado na metodologia MindGym, onde as participantes aprendem praticando. Seguimos o conceito de aprendizagem 70X20X10, que incentiva a auto-gestão, antes, durante e após o treinamento. Aplicamos técnicas, ferramentas, teorias e dinâmicas alinhadas às organizações inovadoras de ensino mundial.

PÚBLICO-ALVO

Gerentes, supervisoras, coordenadoras e analistas. Gestoras que atuam no mercado de trabalho, de forma autônoma ou nas corporações.

OBJETIVOS
  • Possibilitar a compreensão do impacto das mudanças atuais nas possibilidades de trabalho e probabilidades de sucesso.
  • Desenvolver com mais profundidade o autoconhecimento, para ser mais protagonista na gestão de sua carreira.
  • Fortalecer competências e habilidades de comunicação e negociação.
CONTEÚDO

Este programa possibilitará a você:

  • Compreender os vieses de gênero que impedem seu avanço na carreira
  • Paridade – Igualdade de gênero
  • Posicionamento diante do assédio
  • Como se preparar para sair de armadilhas
  • Desenvolver uma comunicação assertiva (como influenciar positivamente e conseguir adesão)
  • Promover e fortalecer sua marca pessoal
  • Obter bons resultados em negociações difíceis
  • Como lidar com a política no trabalho
 DATAS E HORÁRIOS

DIAS: 26 de março, 2 e 9 de abril de 2022.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 horas

DURAÇÃO: 3 encontros virtuais de 4 horas/cada.

Horário: 9:00 às 13:00

Plataforma de transmissão: Zoom.

Metodologia:

Aulas a distância, transmitidas ao vivo. As participantes são convidadas a interagir por voz e pelo chat online com a facilitadora e demais alunas. Após a transmissão, o conteúdo fica gravado e disponível para visualização, ilimitada, por até 30 dias após o término do curso.

FACILITADORA

 

 

 

 

Elaine Martins

  • Psicóloga – CRP 30.066-0
  • Pós Adm de RH e MBA Desenvolvimento Humano Gestores (FGV)
  • NLP® Advanced Trainer – Richard Bandler USA (Formação completa PNL)
  • Certificação Int. COACH INTEGRADO® – Rhandy Di Stéfano (ICI)
  • Certificação COACH – Lambent®Andrea Lages e Joseph O’Connor
  • Professora Eneagrama – por Ginger Lapid-Bogda – USA
  • Co-fundadora Associação Bras. Eneagrama – Filiada IEA Internacional
  • Professora PósGraduação e MBA HSM  F.S.A.   SUSTENTARE
  • Facilitadora de TKI® & Action Learning®
  • Qualificação em DISC, BIG FIVE, MBTI® mais de 6.850 devolutivas
  • Criadora Metodologia CROSSTYPE® (Registro Biblioteca Nacional)
INSCRIÇÕES

Pré-venda com 10% de desconto até 20/01/22 –  Até 10 Parcelas de R$ 69,00.

Faça sua inscrição até 20/01/22 e receba 2 livros Harvard Business Review. Serão indicados capítulos dos livros para leitura como atividades entre encontros e pós work.

 

 

 

 

 

Para informações sobre pagamento à vista e pacotes para empresas, entre em contato pelos canais abaixo:

barbarakaster@casaeducacao.com.br ou WhatsApp 11 97386-9519.

*** INCLUI CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO***

 

admincasa 26 de outubro de 2021
Comments are off

Programa Gestão de Conflitos em Negociações | EAD ao vivo

 SOBRE O PROGRAMA

Aprenda como bons negociadores se preparam. E como evitam os erros mais comuns na hora de fechar um acordo.

Durante 2 dias você terá acesso a ferramentas de comunicação que irão ajudá-lo a ultrapassar os conflitos surgidos nas negociações profissionais e pessoais do seu dia a dia. São 6 módulos focados na busca da cooperação construtiva.

O mundo está mudando rapidamente, e mudanças geram conflitos. Hierarquias cedem espaço às redes. Para inovar e serem criativas, as organizações estão mais abertas – atraindo diversos talentos. Essa diversidade – de talentos, funções, culturas – deixa os conflitos mais aparentes. Como administrá-los é a chave para o sucesso empresarial. O conflito bem administrado traz prosperidade. As melhores decisões não resultam de um consenso superficial, mas sim de pontos de vista diversos e da busca por soluções criativas. Por mais estranho que possa parecer, o mundo precisa de mais conflitos, não de menos.

Nosso desafio não é eliminar o conflito, mas sim transformá-lo.

Mudar a forma como lidamos com nossas diferenças – do confronto destrutivo à cooperação construtiva.

MÓDULOS

– Introdução – o que são conflitos?

– Natureza, reações, tipos e níveis de conflito

– Como lidar com conflitos: análise de situações potencialmente conflitivas

– Estratégias para resolução de conflitos em equipes

– Fundamentos de negociação:
•  Principais conceitos
•  Negociação baseada em posições
•  Negociação baseada em interesses
•  Moeda de troca
•  Dinâmica e ciclo de negociação

– Ferramentas e técnicas de resolução de conflitos:
•  Propósito
•  Escuta ativa
•  Construção de confiança
•  Comunicação eficaz

A QUEM SE DESTINA

•  Vendedores
•  Coordenadores
•  Gerentes
•  Diretores
•  Profissionais interessados em crescer, se destacar e fazer a diferença em suas organizações, no mercado de trabalho, na vida pessoal e social.

 DATAS E HORÁRIOS

DIAS: 19, 26 de março, 2 e 9 de abril de 2022.

CARGA HORÁRIA TOTAL: 12 horas

DURAÇÃO: 4 encontros virtuais de 3 horas/cada.

Horário: 9:00 às 12:00

Plataforma de transmissão: Zoom.

METODOLOGIA:

Aulas a distância, transmitidas ao vivo. As participantes são convidadas a interagir por voz e pelo chat online com a facilitadora e demais alunas. Após a transmissão, o conteúdo fica gravado e disponível para visualização, ilimitada, por até 30 dias após o término do curso.

INSCRIÇÕES

Pré-venda com 10% de desconto até 26/01/22 –  Até 10 Parcelas de R$ 69,00.

Faça sua inscrição até 26/01/22 e receba 2 livros Harvard Business Review. Serão indicados capítulos dos livros para leitura como atividades entre encontros e pós work.

 

 

 

 

 

Para informações sobre pagamento à vista e pacotes para empresas, entre em contato pelos canais abaixo:

barbarakaster@casaeducacao.com.br ou WhatsApp 11 97386-9519.

*** INCLUI CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO***

Diversidade e inclusão precisam fazer parte da cultura

Diversidade e inclusão precisam fazer parte da cultura

Erica Castelo

8 de março de 2021

O mundo corporativo atual não comporta mais desvincular diversidade e inclusão de sua dinâmica e as empresas já têm cada vez mais evidências sobre os impactos da diversidade na performance dos negócios.

Porém, aqui está o primeiro grande desafio: a agenda dos líderes está mais cheia do que nunca. Os dados da última pesquisa do World Economic Forum sobre o tema, mostram que 85% dos CEOs que possuem uma estratégia de Diversidade e Inclusão (D&I) declaram aumento na linha final de lucro. Entretanto, 87% dos líderes reconhecem a importância de se construir times imparciais, inclusivos e colaborativos, mas sentem-se desafiados a priorizar o assunto devido à pressão pelos resultados de curto prazo.

Essa questão soa familiar? Bem, esses números mostram que essa realidade é mesmo muito comum e trazem o holofote sobre a importância da eficácia versus o debate no papel, ou palavras adequadas no site e mídias sociais.

Além da dificuldade em se priorizar a questão, a diversidade (de demografia, gênero, habilidades, experiências) parece ainda andar separada da inclusão (sentimentos de pertencimento, respeito, “empoderamento” e crescimento), essencial para alavancar o potencial de equipes diversas.

Já se observa um movimento crescente das organizações aplicando objetivos e quotas tangíveis para promover a diversidade. Porém, essas práticas estão ainda muito vinculadas a uma mentalidade de regras de compliance. Enquanto esse movimento determina o surgimento de times mais diversos, a grande questão é se o preconceito sistêmico será combatido, dando espaço à inclusão real nas empresas. Um exemplo disso é que, segundo uma pesquisa recente da McKinsey, somente uma em cada três mulheres reportam serem apoiadas em seu desenvolvimento por líderes homens, comparados com dois em cada três homens.

Ou seja, o próximo passo importante para as organizações que realmente querem mudanças mais profundas é transformar sua cultura para inspirar, permitir e encorajar tanto a diversidade como a inclusão.

Está aqui, então, a grande virada para a diversidade corporativa: grande parte das empresas ainda precisa migrar o foco de D&I do mero “medo de riscos trabalhistas’, para a criação de uma cultura de D&I que permeie todos os aspectos da organização.

Essa jornada precisa ser traçada levando-se em consideração uma realidade importante, comprovada pelos sociólogos Frank Dobbin, da Universidade de Harvard, e Alexandra Kalev, da Universidade de TelAviv, que analisaram três décadas de dados e produziram uma série de análises comparando o efeito de diversas práticas de D&I entre 830 empresas americanas, e seus efeitos após cinco anos.  Eles demonstram que as antigas técnicas de “comando e controle”, feitas para regular as práticas de diversidade, não geram mudanças profundas, porque vão contra tudo o que se entende como mobilizadores para mudanças no comportamento humano. O motivo? É simples: as pessoas não gostam que lhes seja dito o que fazer e ter opiniões forçadas muito frequentemente produzem o efeito oposto. Faz parte da natureza humana rebelar-se contra regras para afirmar autonomia. Ou seja, tente me coagir a fazer X, Y e Z, e eu farei o oposto apenas para provar que sou um indivíduo único.

As empresas, em sua grande maioria, vêm aplicando essas práticas desde os anos 1960, ancoradas em alguns pilares que não são novidade, para tentar limitar o viés do preconceito, dentre elas: treinamentos compulsórios de diversidade, testes padrão de recrutamento, avaliações de performance e sistemas de denúncias de práticas preconceituosas dos gestores. Essas ferramentas foram basicamente montadas para impedir as multas e seguir o compliance, policiando os pensamentos e ações dos executivos.

Essa realidade explica porque muitos dos treinamentos que visam diversidade e inclusão fracassam. Os pesquisadores, que vêm examinando essa questão com dados desde a Segunda Guerra Mundial, em mais de mil estudos, notaram que as pessoas são facilmente ensinadas a responder corretamente a um questionário sobre viés de comportamento na mesma medida em que rapidamente esquecem as respostas certas. Os efeitos positivos sobre a maioria dos treinamentos de diversidade raramente duram mais de um dia ou dois, e muitas vezes ativam o preconceito – ainda que sejam essas ainda as práticas mais encontradas dentre as empresas consideradas Fortune 500.

O mesmo padrão de comportamento foi observado quando se analisou o resultado nos testes compulsórios para contratação de colaboradores: os estudos constataram que muitos líderes usaram os testes seletivamente (não aplicando a todos os seus contratados), ou davam muito mais atenção quando uma mulher ou minoria negra falhava nos exames, versus quando homens brancos falhavam.

Mesmo em companhia que adotam avaliações de desempenho (90% das empresas médias e grandes americanas), utilizadas há anos como forma de prevenção a reclamações sobre processos de promoções discriminatórios, os pesquisadores encontraram diversas questões. Alguns líderes mostraram viés na hora de preencher as avaliações das mulheres e minorias, outros acabavam avaliando todos os seus funcionários muito bem para evitar correr riscos. As empresas que introduziram as práticas de avaliação foram estudadas pelos pesquisadores, e não houve qualquer efeito em aumento de minorias nos próximos cinco anos de análise; pelo contrário, o percentual de mulheres na gestão, por exemplo, caiu 4% em média.

Os sistemas de denúncias sobre práticas discriminatórias também provaram, segundo os sociólogos, serem falhos, pois grande parte dos geradores das denúncias sofreram alguma forma de retaliação por parte de seus superiores.

Ou seja, as práticas mandatórias mais comuns que visam impulsionar a diversidade não só são ineficientes, como não favorecem uma mudança real na cultura, comportamento, e consequentemente senso de pertencimento das minorias dentro das empresas.

Como então caminhar para práticas de D&I que gerem uma transformação mais profunda?

Dobbin e Kalev concluíram que as empresas obtêm resultados muito melhores quando elas não se utilizam de táticas de controle. Ao contrário,os programas foram muito mais eficazes quando se basearam em três grandes aspectos:

Engajamento dos líderes

Seguido a tendência humana de corrigir dissonâncias através da mudança de crenças ou de comportamentos, engajar a liderança como parte da solução para a questão de D&I mostrou-se muito eficaz. Quando os gestores ativamente são requisitados para ajudar nas soluções sobre o tema, imediatamente começam a se ver como linha de frente para essa mudança.

Seguindo essa linha, os treinamentos padrão de diversidade precisam mudar e ganhar foco no multiculturalismo e não no “medo do processo”,e funcionam melhor quando são voluntários. Os pesquisadores descobriram que cerca de 80% dos líderes comparecem pro-ativamente nos treinamentos voluntários, gerando um efeito positivo sobre os demais colaboradores que se sentem inspirados pela prática (“Eu compareci, então sou pró diversidade”). Dobbin e Kalev comprovaram um aumento do número de hispanos, asiáticos e mulheres na gestão após cinco anos em empresas que adotaram essas práticas menos coercitivas.

Um caso internacional

As práticas de mentoria também são formas importantes de engajar os gestores e eliminar possíveis preconceitos. Ao sentir-se responsáveis por desenvolver seus mentorados, os mentores ajudam a abrir espaço para que essas pessoas avancem. Os líderes passam a sentir-se responsáveis e motivados a garantir o mérito de quem passa por eles. Um bom exemplo de sucesso com essa prática foi a Coca-Cola, que na América do Norte passou de uma companhia marcada por um processo milionário em 2000 envolvendo um caso de preconceito, para uma empresa, em 2016,com um dos maiores índices de representação de mulheres negras em cargos de VP e C-level. Tudo isso após implementar um programa forte de mentoria para minorias, que gerou resultados palpáveis já nos primeiros cinco anos e um ciclo virtuoso progressivo de diversidade e inclusão.

Ampliação de contato e exposição

Times auto gerenciáveis (que são multidisciplinares e de diferentes níveis hierárquicos), e treinamentos/rotação de profissionais multi departamentais têm resultados muito efetivos. Isso porque promovem interações mais frequentes e maior diversidade (demografia, gênero, habilidades, pensamento), derrubando barreiras de departamentos ou níveis de gestão onde algumas minorias são pouco presentes.

Comprometimento com a responsabilidade social

Resultados positivos foram obtidos em empresas onde os CEOs promovem as chamadas “diversitytask forces”, ou a montagem de times de diversidade onde os líderes de vários times podem se voluntariar, incluindo também membros que representam esses grupos de minorias. Esses times acabam incorporando a responsabilidade de fazer os programas funcionarem em toda a empresa e promovem uma sensação positiva onde os demais membros da empresa são inspirados a também abraçar a causa. Nesse sentido, a contratação de um líder de diversidade também pode ajudar, na medida em que os executivos se vêem comprometidos com a posição de responder perguntas sobre inclusão e diversidade nas suas equipes.

Um caso brasileiro

O programa recém realizado pelo Magazine Luiza, focado na contratação de trainees negros para seu quadro de 2021, trouxe como resultado a contratação de 19 selecionados e demonstra com sucesso alguns dos pontos de reflexão expostos aqui. Primeiramente, o recrutamento de um time que será desenvolvido para ocupar cargos de liderança no futuro ajuda na inclusão efetiva, aumentando a exposição e tempo de desenvolvimento desses profissionais nas diversas áreas ao longo dos anos, até que o alcance da liderança aconteça de maneira muito incorporada e quase orgânica. O programa também contou com o envolvimento direto de ex trainees e outros funcionários negros que já trabalham na empresa, o que comprova que o “task force” realmente funciona para aumentar o senso de pertencimento, conscientização e responsabilidade sobre o tema.

Toda essa reflexão visa trazer à luz o fato de que apenas as empresas que investem pesadamente em construir os músculos da inclusão vão colher os benefícios da diversidade. Os times diversos, com riqueza de perspectivas, criam melhores produtos e serviços, alcançando objetivos maiores do que os homogêneos. Ao mesmo tempo, a inclusão – ou seja, o que faz esse mix de pessoas prosperarem juntas – é o que direciona o engajamento e o sucesso, permitindo que os indivíduos se sintam apreciados pelo que são. Assim, a inclusão passa a servir de motor para que a diversidade sustentável (e não apenas a “fotográfica”) realmente funcione.

Erica Castelo é headhunter internacional. Ela vive em Miami e trabalha com empresas e profissionais C-Level do mundo todo.

Fonte: Harvard Business Review Brasil.

 

admincasa 24 de maio de 2021
Comments are off